Ceramicks

Ana Loureiro

 

 

 

 Ana Loureiro nasceu em 1971 em Leiria, Portugal.

Actualmente reside na Figueira da Foz onde concluiu o ensino secundário.
Desde 1996 exerce como actividade principal a profissão de ceramista, tendo obtido formação nessa
área no Cearte em Coimbra, especializando-se em azulejaria e escultura cerâmica.

A sua vocação expande-se contudo a outras áreas, destacando-se a pintura a óleo, a poesia e a ilustração. Caracterizando-se por uma forte disposição poética, o lirismo percorre toda a dimensão do seu trabalho, inspirando-se com frequência nos monumentos antigos, na arquitectura moderna, na música e na natureza.

Como o compositor Olivier Messiaen, a autora poderia afirmar que: "A natureza é uma grande força onde nos podemos perder, uma espécie de "nirvana", mas é sobretudo um maravilhoso professor...eu vejo na natureza uma manifestação de uma das faces da divindade."

Recorrendo a materiais encontrados na natureza, como areia ou húmos, elabora a partir da colagem destes na tela, composições que procuram uma síntese, entre um simbolismo dos arquétipos universais e uma predisposição introspectiva de contrastes vigorosos, geométricos.

Seja na pintura em azulejo ou na escultura cerâmica, esta tendência orgânica, matérica, repete-se como se essa expressividade realçasse o conteúdo ou o sublinhasse de forma indelével.

Aliando a minúcia do detalhe à força cromática que emana das suas obras, cria peças únicas que parecem retiradas da natureza. Representada em colecções privadas a nível nacional e internacional, conta ainda com representações patrimoniais  em Portugal.

 

 

  

Ana Loureiro was born in 1971 in Leiria, Portugal.

Currently resides in Figueira da Foz,where she finished the secondary school. 

Since 1996 is engaged primarily in the profession of ceramist, having obtained her professional qualification from Cearte in Coimbra, specializing in decorative tile and ceramic sculpture.

However, her interest has been expanding to other artistic areas as  oil painting, poetry and illustration.

Characterized by a strong poetic provision, the lyricism runs through the whole dimension of her work, often based on the modern architecture, ancient monuments, music and nature.

As the composer Olivier Messiaen, the author could say that: «Nature is a great strength where we can lose ourselves, a kind of nirvana, but it’s mainly a wonderful teacher… I see nature as a demonstration of one of divinity’s sides." Using materials found in nature as sand or humus, creates - from the collage of these materials on the canvas - compositions seeking a synthesis between a symbolism of a universal archetypes and a introspective predisposition of vigorous and geometric contrasts.

Whether on painting on ceramic tile or sculpture, this organic and material trend is repeated as if that expression would highlight the content or could underline it in an indelible way.

Allying the thoroughness of detail to the force that exudes from the colour on her works, Ana Loureiro creates unique pieces that seem taken from nature. Been represented in private collections, both nationally and internationally, has also work done in public estate representations in the field of decorative tile in Portugal.